4 de out de 2010

Origens do termo "Merda!" no teatro

Este termo é usado por atores como interjeição para desejar boa sorte e sucesso na apresentação do espetáculo. Alguns dizem "Merda!", outros "Merda pra você!".

Há versões diferentes de como surgiu esta expressão, mas esta é a que mais se ouve:

Na apresentação de um texto de Molière (dramaturgo famoso) na França do século XVII, os atores achavam que a peça estava mal ensaiada, que seria um desastre, e diziam: "Vai ser uma merda! Uma grande merda!". O espetáculo estreou e foi um sucesso extraordinário, com a platéia aplaudindo de pé no final. Os atores tentando repetir o resultado, passaram a sempre dizer "merda".

O mais provável é que essa forma de desejar boa sorte, seja para fazer graça, aliviando a tensão, afastando o medo e a ansiedade, sensações naturais que antecedem a atuação.
Pode-se comparar às expressões usadas pelos bailarinos: "Quebre a perna!", "Quebre o braço!" ou "Caia do salto!".

Há ainda uma outra versão, surgida na França também, as pessoas iam de carruagem e cavalos aos teatros e quando havia muito cocô de cavalo na entrada era sinal de casa cheia.

Na Inglaterra também se usa o "Quebre a perna", pois desejar boa sorte a um ator antes de ele entrar em cena é visto como sinal de azar. Desejando merda, tudo o que é de ruim já foi desejado, o resto poderá ser lucro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário